Arquivo do mês: fevereiro 2012

Menos de um mês…

Menos de um mês para o lançamento do livro, PDF da versão final do livro já em mãos para ser lido e ansiedade? Lá no teto. Contando os dias para março!

Quase duas

São quase duas da manhã e só agora eu vou dormir, depois de ter, literalmente, devorado, a versão do livro que a Noga me mandou. As vezes acho que estou sonhando e já já vou acordar.

Deixei alguém curioso? Ótimo, logo logo essa curiosidade será saciada 🙂

 

Ajudando a promover

Para tentar promover o blog, adicionei os botões “Like” do Face e o “+1” do Google. Então, já sabem, se gostarem de algo escrito aqui ou ao menos quiserem me ajudar a promover o blog, é só clicar no botão!

Um “extrazinho” básico

Antes de eu colocar aqui disponivel o link do “extra”, deixa eu explicar algumas coisas. Primeiramente, pode parecer bizarro uma vez que o primeiro livro ainda não foi publicado mas eu já tenho algumas continuações prontas. Histórias mais curtas, menores, estreladas por outros personagens que não o Cavaleiro Branco mas ainda assim continuações da história do livro.

A maioria das historias são protagonizadas, bem, não vou contar por quem pois tira a graça. O “brinde” que vou postar aqui é um joguinho tosco feito por mim, usando o RPG Maker e protagonizado por um filho do Cavaleiro.

Baixem e se divirtam (ou não): http://www.4shared.com/file/_D0kPCG5/IlhasdoOeste.html

Mais sobre o livro (mas também sobre o blog)

Como prometido, vou falar um pouco mais sobre o livro (mas também vou aproveitar para falar sobre o blog).

Para mim, o mais difícil sempre foi descrever o visual dos personagens na hora de escrever.  Uma coisa é você ter a ideia na cabeça, imagina-la perfeitamente, outra é passa-la para o papel e conseguir que o leitor consiga imaginar o mesmo que você imaginou (ou ao menos próximo disso).

Foi uma das partes que me deu mais trabalho, horas de conversa com o meu irmão, modificações, ideias, trocas de palavras no texto mas, por fim, consegui chegar, imagino eu, no que eu pretendia, mas só terei certeza quando as pessoas lerem a versão final do livro.

Em parte, para ajudar, cheguei a pedir ao meu amigo Eduardo (o mesmo que fez a bela imagem do topo do blog) para fazer um desenho dos protagonistas da história e, sinceramente, fiquei babando com o desenho dele. Não entendam mal, não estou “puxando o saco” dele mas é que ele conseguiu chegar bem próximo do que eu imaginava e isso me deixou bem feliz.

Imagino que, a essa hora, estejam curiosos para ver tal desenho, não é mesmo? Pois bem, falarei com o Eduardo, uma vez que o desenho é dele e, se ele concordar, o divulgarei aqui.

Até o próximo post!

Um pouco mais fantastico

Depois de uma breve conversa com o Eduardo (que está tendo que aturar minhas indefinições sobre o visual do blog), resolvi mexer mais uma vez no visual do Blog.

A imagem do topo não me agradou muito mas, das que eu preparei, foi a que menos me desagradou então, por enquanto, vai ela mesmo.

O fundo, por outro lado, me agradou. Peguei um wallpaper de fantasia que achei no Google Imagens e testei como ficava e o resultado me surpreendeu positivamente.  Então, até segunda ordem, fica ele mesmo.

Ps: Prometo que no próximo post eu volto a falar do livro!

Falando um pouco mais sério

Tô brincando, ajustando o site mas, até agora, do livro em si, nada falei, não é mesmo? Para aqueles que não conhecem, “O Retorno do Cavaleiro Branco” é um projeto pessoal meu que já perdura a mais de 10 anos. Sim, mais de 10 anos. Os primeiros rascunhos da história começaram a surgir nos intervalos das aulas do pré vestibular QI, na época situado na Rua Lauro Müller, pertinho do shopping Rio Sul.

De lá para cá muita coisa mudou, eu passei de pré vestibulando à médico, e até mesmo o foco da história mudou. Se antes a historia mostraria a chegada do protagonista (O Cavaleiro do título) ao mundo mágico de Noritvy (por isso o nome do site), a história que acabei por escrever mostra o retorno dele à este mundo em busca da mulher amada, desaparecida à longos cinco anos.

Se o que escrevi aqui lhe deixou curioso sobre o livro, ótimo. Compre (assim que for lançado 😉 ), leia e deixe aqui a sua opinião 🙂

Ps: A imagem que ilustra esse post é um mapa do continente onde se passa a história. Para vê-lo ampliado, basta clicar nele.

 

Brincando com templates

Continuo brincando com templates, procurando o melhor template possivel. Seguindo a sugestão do Eduardo, resolvi testar algo mais “épico”….

Ajustando o novo template

Hoje é dia tentar ajustar o novo template. Gostei do Naturefox mas estou trocando algumas coisas em suas cores, como podem ter notado…

Testando

Testando o novo blog….